Centro de Atividades Ocupacionais

INTRODUÇÃO

"Nem sempre a profundidade ou extensão das limitações físicas ou mentais apresentadas pelas pessoas com deficiência grave permitem a sua integração sócio-profissional nos quadros normais de trabalho ou centros de emprego protegido após o período adequado de educação especial ou de reabilitação profissional."

 O Centro de Actividades Ocupacionais para Pessoas com Deficiência (C.A.O.), valência da Santa Casa da Misericórdia da Madalena rege-se segundo o decreto-lei nº 18/89 de 11 de Janeiro de 1989, tendo por base a integração social activa das pessoas com deficiência, mediante o desenvolvimento de atividades ocupacionais tendentes, fundamentalmente, a assegurar condições de equilíbrio físico e psicológico, sem vinculação às exigências de rendimento profissional.

"As actividades ocupacionais têm como finalidade proporcionar às pessoas com deficiência atividades socialmente úteis, de forma a permitir-lhes uma valorização pessoal e o aproveitamento das suas capacidades remanescentes, quer na perspectiva de uma eventual integração, se possível no regime do emprego protegido, quer na perspectiva de manter os deficientes simplesmente activos e interessados."

São então, objectivos do Centro de Atividades Ocupacionais, acolher pessoas com deficiência, com idade igual ou superior a 16 anos; promover e valorizar a sua autonomia, o seu equilíbrio emocional e social, bem como favorecer a aquisição de comportamentos de disciplina e de responsabilidade e desenvolver atividades socialmente úteis e ocupacionais. O C.A.O. tem capacidade para 30 pessoas, sendo atualmente frequentado por 29 jovens/adultos com deficiência, da Ilha do Pico.

Os objectivos a que se propõe são as respostas sociais a nível da integração, reabilitação social e atividades ocupacionais. O objectivo maior desta valência é sem dúvida promover:

 A INTEGRAÇÃO, A AUTONOMIA, A QUALIDADE DE VIDA E A

IGUALDADE DE OPORTUNIDADES.

  O C.A.O.  da Santa Casa da Misericórdia da Madalena rege-se igualmente pelo disposto no decreto-lei nº 18/89 de 11 de Janeiro de 1989.

 Art. 2º

Organigrama da Valência

 Equipa não Técnica – Ajudantes de Reabilitação e Auxiliares

Actividades Ocupacionais, Serviços Gerais e Serviços de Higiene, Saúde, Alimentação e Segurança

  CONDIÇÕES DE ADMISSÃO

                 A admissão de qualquer cliente constitui atribuição da Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia da Madalena do Pico, com base no parecer da Diretora do C.A.O., com a colaboração da Equipa Técnica, sendo esta precedida de atendimento individualizado.

São condições para frequência desta resposta social:
a) Ter idade igual ou superior a 16 anos;
b) Ter deficiência mental ou limitação intelectual que não permita o seu enquadramento no emprego protegido ou no mercado normal de emprego;
c) Impossibilidade temporária ou definitiva para o exercício de uma actividade produtiva;
d) Ordem da inscrição.

 CRITÉRIOS DE ADMISSÃO

                 São critérios de prioridade na selecção dos clientes, os seguintes:

  1. As necessidades familiares;
  2. A vontade expressa do candidato;
  3. A adequação das actividades ocupacionais e de formação às características e motivações do candidato;
  4. Não apresentar graves  perturbações de comportamento e de personalidade (patologia mental grave) que possam pôr em causa a sua integridade física e emocional e a integridade física e emocional do grupo;
  5. A impossibilidade de integrar áreas de formação profissional;
  6. A disponibilidade imediata.
  7. Integram a lista de espera há mais tempo (caso esta exista).

 DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO 

  • BI, ou cartão de cidadão do cliente e responsável;
  • Cartão de contribuinte do cliente e do responsável;
  • Cartão de Beneficiário do cliente e responsável;
  • Cartão de utente (saúde) do cliente e responsável;
  • Designação do responsável pelo cliente e respectivos contactos;
  • Morada completa ( rua, nº de casa, código postal, lugar e freguesia);
  • IRS ou comprovativo do IRS;
  • Comprovativo das pensões que o cliente recebe;
  • Declaração médica da deficiência e/ou incapacidade do cliente;
  • Medicação (receitas medicas) e respetivas bulas;
  • Boletim de vacinas;
  • Grupo sanguíneo;
  • Documentos referentes a outras instituições que possa ter frequentado.

 INSTALAÇÕES, SERVIÇOS PRESTADOS E FUNCIONAMENTO

  • O C.A.O. está instalado no imóvel, propriedade da Santa Casa da Misericórdia da Madalena, na Estrada Longitudinal s/n, Madalena do Pico;
  • As instalações são compostas por:
    • Átrio Principal;
    • Sala Snoezelen;
    • Sala da Direção;
    • Sala do Programa Eco-Escolas;
    • Ateliê de Beleza;
    • Oficina de Artes e Decoração;
    • Sala de Terapia da Fala;
    • Sala de Alfabetização e Multimédia;
    • Sala de Reuniões/ Gabinete Técnico (Serviço Social,Psicologia e Nutrição)
    • Ginásio;
    • Sala Sensório – Motora;
    • Lavandaria;
    • Balneários / Arrumos;
    • Sala de Convívio / Refeitório;
    • Cozinha de Treino;
    •  Oficina de Carpintaria;
    • Espaços circundantes.

 Respostas Sociais

  • O C.A.O. da Santa Casa da Misericórdia da Madalena é uma valência que desenvolve atividades socialmente úteis, de forma a facilitar uma possível transição para a integração sócio-profissional dos seus clientes.
  • O C.A.O. de forma a atingir os seus objectivos desenvolve as seguintes actividades:
  • Atividades Ocupacionais – Atividade Principal – Oficina de Carpintaria, Oficina de Artes e Decoração, Ateliê de Beleza, Programa Eco-Escolas, Cozinha de Treino;
  • Apoio Técnico – Reabilitação Psicomotora, Atividade Motora Adaptada (Atletismo, Exploração da Natureza, Hidroterapia e Natação Adaptada e Ginásio), Terapia da Fala, Snoezelen, Apoio Sensório-motor, Psicologia, Alfabetização e Multimédia, Nutrição e Serviço Social;
  • Atividades Lúdico-Terapêuticas – p.e., Desenvolvimento Pessoal e Social, Ateliê de Expressão Musical, Ateliê de Expressão Dramática, Folclore;
  • Treino Social;
  • Atividades de promoção de saúde e higiene;
  • Atividades de Desenvolvimento de Competências da Vida Diária;
  • Alimentação constituída por três refeições – merenda da manhã, almoço e merenda da tarde;
  • Transporte – parceria entre as três Misericórdias do Pico, no sentido de assegurar transporte a clientes de vários pontos da Ilha;
  • Reuniões periódicas com os tutores ou representantes legais dos clientes;
  • Reuniões técnicas semanais e reuniões gerais mensais;
  • Promoção de vendas em eventos de dinamização local, tais como, feiras, datas comemorativas e pontos de venda turísticos, entre outros;
  • Atividades em parceria com outras valências da Instituição – Projecto Integrar a Diferença;
  • Atividades em conjunto com instituições similares – Intercentros;
  • Atividades de Verão.

 Horários

  • O C.A.O. funcionará de segunda a sexta-feira das 8h00 às 17h00. O horário dos Técnicos e restante pessoal está sujeito às necessidades do respectivo serviço, não excedendo o estipulado pela lei, salvo acordo mútuo com a valência.
  • A Valência encerrará:
    • Feriados Nacionais;
    • Feriados Municipais;
    • Tolerâncias de ponto;
    • Outros (ex.: obras, epidemias, catástrofes naturais, etc...).

 Refeitório 

  • Os clientes têm direito ao fornecimento e tomada de refeições, merenda da manhã, almoço e merenda da tarde, no refeitório do C.A.O. Sendo o almoço confeccionado na cozinha do Lar da Santa Casa da Misericórdia da Madalena (com excepção de dietas específicas para clientes com necessidades alimentares especiais), e as merendas realizadas na cozinha de treino do Centro, assim como alguns acompanhamentos (p.e. saladas);
  • A ementa está afixada no refeitório do C.A.O..

  Passeios ou Deslocações 

  • Aprogramação dos passeios é apresentada às famílias/tutores na reunião em que se apresenta o Plano de Atividades para o ano seguinte;
  • É sempre comunicado aos tutores ou seus representantes legais a realização dos passeios ou deslocações a realizar, incluindo as que não constam do Plano de Atividades.